Início Destaques FX anuncia nova adaptação de Shogun, romance de James Clavell

FX anuncia nova adaptação de Shogun, romance de James Clavell

por KzArashi
0 comentário
0

FX anuncia nova adaptação do clássico épico best-seller de James Clavell, Xógum: A Gloriosa Saga do Japão.
A produção terá como diretor Tim Van Patten, famoso pelos episódios-piloto de Os Sopranos e Game of Thrones. Eugene Kelly (Westworld) e Ronan Bennett (Inimigos Públicos) escreverão o roteiro.

A história de Shogun cativou milhares de pessoas desde seu lançamento há 40 anos. O tema de um estrangeiro encontrando uma nova cultura é relevante até os dias de hoje.

– comentou o chefe de programação do FX, sobre a encomenda do seriado.


Anunciada como minissérie, Xógum contará apenas de 10 episódios. Ainda não há elenco anunciado e nem previsão de estreia.

 

Sinopse:

Shogun se passa por volta do ano de 1600, quando o navegador inglês, John Blackthorne (Richard Chamberlain), naufraga na costa do Japão. Ele, então, se junta aos outros europeus que chegavam ao país asiático. Lá, conhece o poderoso Lorde Toranaga, que quer conquistar, a qualquer custo, o cargo de Shogun, o mais alto posto militar. Blackthorne acaba envolvido na disputa e se torna o primeiro estrangeiro a tentar ser nomeado guerreiro samurai.

O verdadeiro Blackthorne  

Xógum - A Gloriosa Saga do JapãoA minissérie produzida nos anos 1980 pela NBC era baseada no best-seller de James Clevell, lançado em 1975.
Shogun rapidamente se tornou um best-seller, tendo vendido mais de 30 milhões de cópias desde seu lançamento, sendo parte fundamental da popularização da cultura japonesa no Ocidente.

A trama é ambientada no Japão feudal, girando em torno de três personagens centrais: John Blackthorne, um marinheiro inglês cujo navio naufragou na costa japonesa; o Lorde Toranaga, um poderoso daimiô (senhor de terras) envolvido em diversos conflitos e intrigas políticas; e Lady Mariko, uma mulher misteriosa dividida entre a fé e a honra de sua família. Tendo esses três indivíduos como ponto de partida, Clavell tece uma narrativa de muitas intrigas e disputas, permeadas por amor, ambição, paixões e vingança.

O livro foi inspirado na história real do navegador inglês William Adams.

William Adams

William Adams

Conhecido em japonês como “Miura Anjin“, William Adams (1564-1620) foi o primeiro inglês a aportar em terras nipônicas, além de se tornar um dos primeiros Samurais Ocidentais.
Como conselheiro pessoal do shōgun, Tokugawa Ieyasu, Adams comandou a construção dos primeiros navios em estilo ocidental do Japão. Também atuando no estabelecimento de relações mercantis entre Japão e as nações ocidentais, tais como Holanda e Inglaterra.

Saiba mais sobre William Adamshttp://bit.ly/2AGlGgn

 

Um marco para TV 

A produção foi um marco em sua época, uma das mais caras, já que foi toda gravada em solo japonês. Mas Shogun fez valer seu custo. A minissérie levou três Emmy – figurino, cenografia e melhor minissérie. Além de outros três Globo de Ouro como melhor série de TV, melhor ator para Richard Chamberlain e melhor atriz para Yoko Shimada.

A direção ficou a cargo de Jerry London. E o roteiro foi escrito pelo próprio James Clavell em parceria com Eric Bercovici.

 

É uma obra que vale a pena ser conferida. O livro foi publicado no Brasil por várias editoras, sendo as edições mais recentes da editora Sextante (sobe o selo Arqueiro). 
A série foi exibida, na década de 1980, pela Globo. E mais recentemente, pelo canal de tv por assinatura, TCM.
Um box de DVDs também chegou a ser lançado por aqui.  Mas, este já muito difícil de se encontrar. No entanto, basta procurar pelas interwebs, para achar a série disponível com legendas.

Então confira, enquanto aguardamos a nova adaptação!

0

Você pode se interessar por: